6/05/2011

salmos 38 a 41

Salmo 38 O Pecador Arrependido Pede a Ajuda de Deus

1-8 O homem sobrecarregado de pecado pede a misericórdia de Deus. Compare Romanos 7:24 e considere a profundeza da tristeza e do arrependimento verdadeiro que encontramos neste Salmo. Também pense no alívio que Jesus oferece ao pecador (Mateus 11:28-30)

9-16 Rejeitado e desprezado pelos homens, Davi busca Deus com todo o coração. Medite na importância da declaração dele no versículo 9: “Na tua presença, Senhor, estão os meus desejos todos”. Compare Filipenses 4:8 e Mateus 6:21

17-22 Davi se sentia fraco e incapaz de resistir os seus inimigos. Mostrou a sua determinação de fazer o bem, e pediu que Deus o salvasse

Salmo 39 O Homem Aflito Reconhece a Vaidade da Vida

1-3 Davi, sofrendo enquanto os ímpios prosperavam, tentou se calar para não pecar com alguma reclamação contra Deus. Afinal, ele não conseguiu se conter, e começou a falar

4-6 Ele queria saber de Deus sobre a sua expectativa de vida, pois percebeu que a vida do homem é curta, é pura vaidade

7-11 Ele pediu alívio, não querendo que os perversos falassem mal dele por causa do seu sofrimento

12-13 Ele implora a Deus, pedindo alívio do seu sofrimento

Salmo 40 Confiança em Deus, o Libertador

1-3 Davi encerrou o Salmo 39 pedindo socorro, e abre Salmo 40 dizendo que Deus o ouviu e o salvou. Quando Deus nos salva, ele nos coloca em terra firme e nos dá motivo para adorá-lo

4-5 Deus merece o louvor por causa das inúmeras maravilhas que tem feito (veja João 21:25)

6-8 O que Deus deseja do homem é a sua obediência, e não sacrifícios por pecados cometidos contra a vontade do Senhor (veja 1 Samuel 15:22). O autor de Hebreus usa estes versículos para mostrar que os sacrifícios de animais não satisfaziam a Deus, assim explicando a necessidade do sacrifício de Jesus (Hebreus 10:5-7).

9-10 O salmista, resgatado da perdição pela graça de Deus, fala abertamente sobre as boas-novas da salvação. Quando nós realmente apreciamos a salvação em Cristo, falaremos com outras pessoas

11-12 Ele pede livramento dos seus próprios pecados

13-17 Estes versículos são quase idênticos ao Salmo 70. Aqui Davi repete a sua petição por livramento, e pede também que Deus deixe os ímpios envergonhados enquanto liberta os que confiam nele

Salmo 41 Davi Busca a Compaixão de Deus

1-3 O Senhor abençoa e protege o homem que se compadece dos necessitados (veja 37:21)

4 Davi pede a compaixão de Deus, reconhecendo o seu próprio pecado. As palavras dele (sara a minha alma) mostram que o pecador não precisa somente de perdão, que tira a culpa “legal” do pecado. Precisa de renovação, para ser curado da corrupção do pecado (veja 51:10)

5-9 Davi sentiu-se afastado de Deus e vulnerável aos ataques dos inimigos que se regozijaram na sua
calamidade

10-12 Ele olhou para o perdão de Deus, e viu a proteção, a comunhão e a restauração de sua integridade. Deus, de fato, sarou a alma dele!

13 Este versículo é a doxologia do Livro I.

Um comentário:

  1. as bençao do senhor esteja em todo tempo sobre vos

    ResponderExcluir

Deus Abençôe